Capture

Produção Acadêmica

A produção acadêmica do LABEDIS publicada em outras revistas, instituições e eventos:

  __________________________________________________________________________________________________________

 

Tese: Indígenas isolados Páno e FUNAI: um encontro discursivo possível?

Flávia Leonel Falchi

Defesa: 02/04/2019

Programa de Pós-Graduação em Linguística/UFRJ

Número de folhas: 223

Resumo:

Nesta tese, objetiva-se apresentar, sob a perspectiva da Análise de Discurso de Linha Francesa, um estudo do verbal e do não verbal nos primeiros contatos com indígenas isolados da família etnolinguística Páno no final do século XX e início do século XXI, na Amazônia, na fronteira do Brasil com o Peru. O trabalho analisa os efeitos de sentidos produzidos nos contatos realizados no Brasil entre Fundação Nacional do Índio – FUNAI – e isolados Páno, assim como as condições de produção desses contatos. A noção de contato é trabalhada na tese como confronto. O estudo tem o objetivo de analisar o papel da memória e do imaginário na constituição desses confrontos, o funcionamento do verbal e do não verbal no discurso produzido nesses primeiros encontros entre indígenas e não indígenas, considerando-se as formações ideológicas dos sujeitos presentes neles em relação à produção de efeitos de sentidos. A pesquisa trata dos encontros realizados com isolados Páno após a mudança de política da FUNAI, em 1987, quando o órgão passa a priorizar uma política cuja finalidade é garantir o isolamento. Na tese, são trabalhados, então, os confrontos com os grupos Korubo e Sapanáwa. O corpus foi constituído a partir de recortes em um vídeo divulgado pela FUNAI com imagens do primeiro encontro com indígenas Sapanáwa e por recortes em textos já publicados, nos quais são entrevistados indígenas intérpretes dos Korubo e dos Sapanáwa e um indigenista que participou do encontro com os Korubo. O estudo analisa o silêncio dos isolados em relação aos não índios e grupos indígenas já contatados, silêncio que antecede o contato durante o período de isolamento. A construção histórica da posição do indígena intérprete também é estudada. As estruturas linguísticas presentes no primeiro contato, materializando o discurso, são descritas na tese. O verbal e o não verbal são analisados tendo como base a cultura Páno.

Palavras-chave: Análise de Discurso. Índios isolados. Korubo. Sapanáwa. FUNAI.

Abstract:

This thesis presents a study of the discourse of and about contacts with isolated indigenous peoples, which happened in the Amazon rainforest, at the border of Brazil and Peru, at the end of the 20th century and beginning of the 21st century. This work approaches the contacts with peoples in isolation made in Brazil by National Foundation of indigenous affairs – FUNAI – and deals with the verbal and nonverbal discourse in these first contacts through French School of Discourse Analysis. The conception of contact is approached as confrontation. This research aims to analyze the production of senses in the first confrontations. This piece of research has the purpose of understanding the role of the memory and the imaginary in the discourse of the confrontation and the functioning of the verbal and nonverbal aspects according to the ideological formations of the subjects present in it. The contacts that occurred with indigenous people of the Panoan family after the change in working procedures regarding isolated peoples by the FUNAI, in 1987, were studied. Thus, the confrontations analyzed are those with the Korubo and Sapanáwa groups. The corpus was formed by video excerpts of a longer video by the FUNAI that shows the moment of the first contact with the Sapanáwa and by excerpts in published texts, in which indigenous interpreters of the Korubo and Sapanáwa groups and an indigenist who participated in the contact with the Korubo are interviewed. The production of senses originating from the silence of peoples in isolation in the period before the contact is studied. This work also approaches the position of the indigenous interpreter and the historical construction of this position. The linguistic structures employed during the contact and that materialize the discourse are described. The analysis of the verbal and nonverbal is made from the Panoan culture, from the ideological formations of the peoples of this ethnolinguistic family.

Keywords: Discourse Analysis. Isolated indigenous. Korubo. Sapanáwa. FUNAI.

 

texto em PDF

  __________________________________________________________________________________________________________

- REDISCO - 2019

Of body and Christ: glory, sin, pleasure-power as discursive materials in artistic languages.

Lucas Nascimento

 ABSTRACT:

The body invented theoretically by the twentieth century is beyond "a piece of matter" as seen in the eighteenth century (Courtine, [2008] 2011, p.7), statute altered by the mutations of the gaze of one who reads "imagery writing", or be, statute with textualizing meaning. The image of the body makes sense when colors, lines and shapes are polychromes that allow interpretation, therefore, those are seen as elements of textuality, which, consequently, offer readings. Given this, specific research questions arise: how to read the image? How does the image write interpretable texts? What does the reader capture by the order of the eye is possible to generate meaning corresponding to the text-image? Our corpus of analysis are biblical images and images of Italian and Germanic paintings on the body of Jesus Christ. The theoretical-methodological contribution is Discourse Analysis of French and Brazilian schools. Here, we return to recent works on fulguration, imagery syntax and reading (Nascimento, 2017a, 2017b). KEYWORDS: Body; image; fulguration; reading; imaginary syntax.

RESUMO:

O corpo inventado teoricamente pelo século XX é além de “um pedaço de matéria” como visto pelo século XVIII (Courtine, [2008]2011, p. 7), estatuto alterado pelas mutações do olhar de quem lê a ‘escrita imagética’, ou seja, estatuto com significação textualizante. A imagem do corpo ganha sentido quando cores, linhas e formas são policromias que permitem interpretação, portanto, aqueles são vistos como elementos de textualidade, que, em consequência, oferecem leituras. Diante disso, surgem questões específicas de pesquisa: como ler a imagem? Como a imagem escreve textos interpretáveis? O que o leitor captura pela ordem do olhar é possível de gerar sentido correspondente ao texto-imagem? O nosso corpus de análise são imagens bíblicas e imagens de pinturas italianas e germânicas sobre o corpo de Jesus Cristo. O aporte teórico-metodológico é a Análise do Discurso de escolas francesa e brasileira. Aqui, retornamos a trabalhos recentes sobre fulguração, sintaxe imagética e leitura (Nascimento, 2017a, 2017b). PALAVRAS-CHAVE: Corpo; imagem; fulguração; leitura; sintaxe imagética.

 __________________________________________________________________________________________________________

- Educação Matemática em Revista

 Etnomatemática como tecnografia das práticas culturais

Rogério S. Lourenço

 Resumo

O texto reflete o uso terminológico dos conceitos de cultura, linguagem e tecnologia.Desenvolve a compreensão das relações entre a língua, número e imagem, iniciadasna análise discursiva dos enunciados da Olimpíada de Matemática das EscolasPúblicas, OBMEP (LOURENÇO, 2015). A abordagem metodológica empreendida usatestes linguísticos de constituência para substituição, permutação e coordenação dostrês conceitos. Argumenta que o resultado da reflexão mostra divergência depremissas e convergência de objetivos. Isto decorre principalmente da influência daspremissas platonistas do discurso de perfeição dos números e aristotélicas, daprimazia do alfabeto como tradução do pensamento. Critica esses pontos de vista,mostrando sua ideologia de divisão sobre cultura e natureza e as materialidades epensamentos não verbais.

Palavras-chave: Etnomatemática. cultura. linguagem. tecnologia. tecnografia

Abstract

This article reflects upon terminological use of culture, language, and technology asconcepts. It develops the comprehension of language, image, and number relationsinitiated by the discursive analysis the Brazilian Olimpíada de Matemática das EscolasPúblicas, OBMEP (Brazilian Public Schools Mathematics Olympiad) (LOURENÇO,2015). The methodological approach adopted linguistic tests of constituency for thesubstitution, permutation, and coordination of the three concepts. It takes the case thatthe result of such reflection is to show the divergences of premises and theconvergence of objectives. This stems mainly from Platonist influences of the truth asdiscourse about numbers, and Aristotelian, of the word as the natural pattern forthought. It criticizes such points of view, showing its ideology of division over cultureand nature and nonverbal materialities and thought.

Keywords: Ethnomathematics. culture. language. technology. technography

 

Texto em PDF

 __________________________________________________________________________________________________________

- Journal of Scientific Research and Reports 20(5):1-13 | November 2018

Theories of Learning and Evaluation Processes for the Social Communication

Rosane da Conceição Pereira

Abstract

Objective: To prove that a previous knowledge can be the basis of the student's education, but the teacher is critical in significant overhaul for the life of both the Social Communication education. Study Design: Comparative discourse analysis of learning theories with examples in the Social Communication area. Methodology: Pêcheux's Discourse Analysis and Theories in the Process of Learning and Evaluation in question. Results: It is considered that the ability to learn stems from the experience so much the motivation as the innatism, as from the scientific knowledge by Intellect as constructivism, not being the two mutually exclusive theories, but interdiscourses of the Learning Process through discursive practice a class performing a previous knowledge. Conclusion: The ability to learn is so developed in the actions of the student by contact (cre)active with the knowledge, which is always facilitated by the teacher, whatever the verbal and nonverbal speech to be theorized and put into use.
 
__________________________________________________________________________________________________________

- Blog Linguística - Instituto de Estudos da Linguagem - UNICAMP

Deu bafão! A polêmica sobre a questão do Enem em relação ao “dialeto secreto” de gays e travestis.

Jonathan Ribeiro Farias de Moura

Texto online 

__________________________________________________________________________________________________________

- Revista Comunicación TEC – Escuela de Ciencias del Lenguaje,  Vol. 27, n°2 (201

O Sujeito refugiado-imigrante em Campanhas Digitais: a Língua Refugiada na PesquisaO Sujeito refugiado-imigrante em Campanhas Digitais: a Língua Refugiada na Pesquisaem Comunicação no Brasil
Rosane da Conceição Pereria

Texto em PDF

Resumo:

O estudo é uma análise discursiva crítica sobre o panorama da pesquisa em ComunicaçãoSocial no Brasil. Trata-se de um desafio porque o campo de estudo é amplo e não se restringeàs suas habilitações e ofícios. Renova-se a cada dia, em função da sociedade da informação(tecnologia) e de mercado (consumo) na qual nos encontramos. Como objeto, analisacampanhas que tratam da forma-histórica do sujeito refugiado para o estrangeiro e imigrantepara brasileiros, segundo processos de identificação, contra-identificação e desitentificaçãona linguagem verbal e não verbal de vídeos e posts em sites e em rede social.

Palavras-chave: análise discursiva crítica, comunicação social, panorama da pesquisa.

Resumen

O estudo é uma análise discursiva crítica sobre o panorama da pesquisa em Comunicação Social no Brasil. Trata-se de um desafio porque o campo de estudo é amplo e não se restringe às suas habilitações e ofícios. Renova-se a cada dia, em função da sociedade da informação (tecnologia) e de mercado (consumo) na qual nos encontramos. Como objeto, analisa campanhas que tratam da formahistórica do sujeito refugiado para o estrangeiro e imigrante para brasileiros, segundo processos de identificação, contra-identificação e desidentificação na linguagem verbal e não verbal de vídeos e posts em sites e em rede social.

Palabras-chave: análise discursiva crítica, comunicación social, panorama de pesquisa.

Abstract  :

The refugee-immigrant subject in Digital Campaigns: the Refugee Language inCommunication Research in BrazilThe study is a critical discursive analysis about the panorama of research in SocialCommunication in Brazil. This is a challenge because the field of study is broad and notrestricted to their qualifications and skills. It is renewed every day, depending on theinformation society (technology) and the market (consumption) in which we find ourselves.As an object, it analyzes campaigns that deal with the historical form of the refugee subjectfor the foreigner and immigrant for the Brazilians, according to processes of identification,counter-identification and deactivation in the verbal and non-verbal language of videos andpostings on websites and in social networks.

Keywords: critical discursive analysis, social communication, research landscape.

__________________________________________________________________________________________________________

- Revista RUA -  v. 24, n. 1 (2018)
Perspectivas da análise do (in)visível: a arquitetura discursiva do não verbal
Tania Conceição Clemente de Souza

 Texto em PDF

Resumo:

Há algum tempo, a análise do não verbal vem despertando nosso interesse, no sentido de se pensar alguns aspectos que são instituídos na e pela discursividade: a materialidade discursiva do não verbal e sua arquitetura e como se textualiza o político em termos não verbais. Estes aspectos perduram no trabalho em pauta, quando colocamos em discussão três conceitos – punctum (BARTHES, 1980), intericonicidade (COURTINE, 2013) e policromia (Souza, 1997 e 2001) -, sublinhando o alcance de cada um desses conceitos na análise da textualidade do não verbal. E investindo na interface destes três conceitos. Calcados em pressupostos da Análise de Discurso, investimos na análise de quatro fotos veiculadas na mídia online, sobre a cobertura do embate da polícia com índios em abril de 2017.

Palavras-chave: Punctum. Intericonicidade.Policromia.Arquitetura do não verbal.

Abstract:

There is a time, the analysis of nonverbal arouses our interest, in the sense of thinking about some aspects that are instituted by discursiveness: the discursive materiality of the nonverbal and its architecture, and how the political gestures are textualized in a nonverbal language. These aspects remain in the work in question, when we put in discussion three concepts - punctum (Barthes, 1986), intericonicity (COURTINE, 2013) and polychromy (Souza, 1997 and 2001) -, highlighting the scope of each of these concepts in the analysis of textuality of the nonverbal. We also invest in the interface of these three concepts. Under the assumptions of Discourse Analysis, we proceed the analysis of four photos published in the online media about the coverage of the police clash with indigenous in April 2017.

Keywords: Punctum. Intericonicity.Polichromy.Image analysis.Architecture of nonverbal.

 

__________________________________________________________________________________________________________

- Entremeios - Revista de estudos do Discurso da UNIVÁS - Volume 16, jan/jun (2018)
O Político e o burlesco na Mangueira 2018: arquitetura e sentidos
Tiago José Freitas Batista

Texto em PDF

Resumo.

Este artigo apresenta e classifica um entrelaçamento linguístico entre discursividade - através dos sentidos e arquiteturas - e a arte - representada pelo samba-enredo e fantasias - do desfile da Estação Primeira de Mangueira para o Carnaval de 2018 que apresenta o enredo: “com dinheiro ou sem dinheiro, eu brinco”. Nossas análises se balizarão no método pecheutiano da AD e na arquitetura do não-verbal, em Souza, objetivando identificar o político e o burlesco na materialidade mensurada, extraindo dela posições, condições de produção, ideologia, memória e demais elementos que inscrevem o desfile da agremiação carnavalesca em um ato de manifestação popular contra o maior mandatário da cidade do Rio de Janeiro: o prefeito Marcelo Crivella.

Palavras-chave: sentidos; arquiteturas; político; mangueira; burlesco.

Abstract.

This article presents and classifies a linguistic interweaving between discursiveness - through the senses and architectures - and the art - represented by the samba - plot and fantasies - of the parade of Estação Primeiro de Mangueira for the Carnival of 2018 that presents the plot: "with money or no money, I play. " Our analyzes will be based on the pecheutian method of AD and non-verbal architecture in Souza, aiming to identify the political and the burlesque in the measured materiality, extracting from it positions, conditions of production, ideology, memory and other elements that inscribe the parade of the carnival association in an act of popular demonstration against the mayor of the city of Rio de Janeiro: Mayor Marcelo Crivella.

Keywords: senses; architectures; political; hose; burlesque.